Equipe
   Atlas
   Cartas
   Eventos
   Links
  Cronograma do Projeto
   Imagens
   Vídeos
 



Texto Normal Texto Grande Fundo Preto Fundo Pastel Fundo Padr�o


CARTAS ESTRATÉGICA

 

A Carta Estratégica para a Bacia Marítima Foz do Amazonas (BMFZA) foi elaborada de acordo com as Especificações e Normas Técnicas para Elaboração de Cartas SAO e com o Plano Cartográfico para o Mapeamento de Sensibilidade Ambiental ao Óleo da Zona Costeira e Marinha (material disponibilizado por ocasião da execução do Projeto). A escala da carta é adequada para acidentes de grande porte, que extrapola a capacidade de resposta imediata por parte da empresa responsável pelo acidente. Estes acidentes podem ocorrer tanto próximo às instalações, quanto muito distante, e podem mobilizar recursos locais, nacionais e internacionais.

A carta estratégica da BMFZA é apresentada em escala 1:750.000, porém seu mapeamento original ocorreu na escala de 1:150.000.

A Carta Estratégica apresenta uma classificação simplificada da sensibilidade da linha de costa ao óleo, em três níveis (baixo, médio e alto). A base para o mapeamento dos habitats e índices foram dois mosaicos de imagens de satélite Landsat, ano 2013, que representam duas condições ambientais:  menor cobertura de nuvem, e em situação de maré mais baixa possível nas imagens, devido a ocorrência de áreas planas e regime de macromarés. Além dos habitats e índices de sensibilidade do litoral, as seguintes informações constam na Carta SAO Estratégica:

Box batimetria;  parâmetros de circulação oceânica, direção predominante do transporte litorâneo; indicação da amplitude de maré; climatologia dos ventos em superfície (considerou-se os dados da estação de Macapá); contorno da linha de costa; informações relevantes para a resposta a incidentes de poluição por óleo como: estradas de acesso à costa, aeroportos, portos e atracadouros, rampas para embarcações, instalações militares que possam prover apoio logístico às operações de combate a derramamento de petróleo e derivados; blocos de exploração para pesquisa de petróleo no mar; locais de transbordo e terminais petrolíferos. Os principais recursos e atividades socioeconômicas que podem ser afetados por derramamentos de óleo foram plotados, porém quando houve várias ocorrências do mesmo recurso em dada região, a quantidade de ícones foi reduzida, a fim de diminuir a poluição visual. No banco porém encontram-se plotados todos os recursos mapeados dentro da área desta carta.

Dois boxes especiais foram construídos para esta carta: área de relevância pesqueira e áreas de relevante interesse ambiental e cultural. No primeiro box foram agrupadas as áreas de pesca artesanal e industrial que ocorre ao longo da região costeira e oceânica desta bacia. No segundo box citado, estão representadas todas as unidades de conservação costeiras e marinhas, terras indígenas e áreas de quilombos, com seus respectivos nomes, classificação e limites, quando disponível. Foram consideradas apenas as áreas reconhecidas oficialmente até o ano de 2014.

Esta carta encontra-se reduzida, em formato A3, dentro do Atlas na página 45. As informações sobre os  recursos biológicos não constam nesta carta.

Informações mais detalhadas sobre a sensibilidade do litoraldevem ser obtidas nas Cartas SAO de nível tático e nível operacional da BMFZA.


Baixar Carta Estratégica em formato A0



© Copyright 2017, © Todos os direitos reservados ao Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá - IEPA. Desenvolvido pelas Núcleo de Informação em Mídia Eletrônica e Publicação Científica/NUID/IEPA. WebMaster: webadmin@iepa.ap.gov.br
Núcleo de Pesquisas Aquáticas - NUPAq