twitter videos flickr   mapa contato   Mudar cor    idiomaingles  

  Imprimir


Texto Normal Texto Grande Fundo Preto Fundo Pastel Fundo Padr?o

                  

 

Pesquisadores do Iepa relatam predação incomum

 

O estudo foi realizado pelos pesquisadores do Instituto de Pesquisas Cientificas e Tecnológicas do Estado do Amapá (IEPA) Claudia Silva, Janaina Lima e Jucivaldo Lima, Núcleo Biodiversidade, Laboratório de Mamíferos e Laboratório de Herpetofauna (Anfíbios e Répteis), e contou com a participação dos doutores Marco Antônio Ribeiro Júnior (Pesquisador independente) e Stephen Francis Ferrari (Departamento de Ecologia, UFSE e Departament of life Sciences, University of Rochampton, London).

 

A predação foi registrada na Reserva Biológica do Lago Piratuba, mais precisamente no Rego do Duarte (mapa e figura acima). Este estudo representa o primeiro registro de predação de macaco de cheiro pela serpente Corallus hortulanus, conhecida popularmente como “Cobra de veado” ou “Surucucu do brejo”.

 

Esta serpente é um parente próximo da Jiboia e apesar de menor (aproximadamente 1,2 metros) que uma jiboia adulta e pesando apenas 650 gramas, consegue predar (capturar e engolir) uma presa tão grande e pesada quanto ele, ou seja, a diferença entre presa e predador foi apenas de 50 gramas. Isso demonstra a capacidade destes animais de capturar grandes presas, mesmo que estas sejam proporcionais a seu peso total. Segundo o pesquisador Jucivaldo “coletamos uma cobra com grande volume estomacal que chamou a atenção e resolvemos investigar”.

 

Com este artigo demonstramos um novo item alimentar na dieta destes animais e o potencial de captura de grandes presas, o que fortalece o conhecimento sobre a biologia comportamental da espécie.
A cooperação destes pesquisadores culminou na publicação deste artigo na Revista internacional PRIMATES, revista muito conceituada internacionalmente nesta área de conhecimento.

 

Para os pesquisadores do Iepa “estamos particularmente felizes por mais esta publicação e por estarmos contribuindo com o mundo científico, levando o nome do instituto e do estado do Amapá como participante ativo em pesquisas na Amazônia”.  

 

pdf  Baixa Artigo - Predation of a squirrel monkey (Saimiri sciureus) by an Amazon tree boa (Corallus hortulanus): even small boids may be a potential threat to small-bodied platyrrhines

 

Joanice Souza
Assessora de Comunicação Iepa - jojosouzamendes@gmail.com





IEPA - Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá
Av. Feliciano Coelho, 1509. Trem,
CEP: 68.901-025 - Macapá - Amapá - Brasil
Fone: (96) 3212-5341 / 3212-5342 / 3212-5366
Site desenvolvido e hospedado pelo IEPA

Amap?